Engenheiros avaliam vazamento da espaçonave Soyuz – caminhada no espaço cancelada

0
15


Navio de tripulação de pesquisa de braço robótico europeu Soyuz MS-22

O braço robótico europeu controlado pela cosmonauta Anna Kikina inspeciona a nave da tripulação Soyuz MS-22 após a detecção de um vazamento que cancelou a caminhada espacial de quarta-feira. Crédito: NASA TV

Durante os preparativos para a caminhada espacial planejada para ontem pelos cosmonautas da Roscosmos Sergey Prokopyev e Dmitri Petelin, as equipes terrestres notaram um vazamento significativo de uma substância desconhecida da parte traseira da espaçonave Soyuz MS-22 acoplada ao módulo Rassvet na Estação Espacial Internacional (ISS). A caminhada espacial foi cancelada e as equipes terrestres em Moscou começaram a avaliar a natureza do fluido e seus possíveis impactos na integridade da espaçonave Soyuz.

Configuração da Estação Espacial Internacional em 3 de dezembro de 2022

Configuração da Estação Espacial Internacional em 3 de dezembro de 2022. Seis naves espaciais estão estacionadas na estação espacial, incluindo o cargueiro espacial Cygnus, a nave de carga SpaceX Dragon e Crew Dragon Endurance, e a nave russa Soyuz MS-22 e as naves de reabastecimento Progress 81 e 82 . Crédito: NASA

Desde então, o vazamento foi determinado como refrigerante, e as equipes de solo no Controle da Missão em Moscou continuam avaliando o vazamento na extremidade traseira da espaçonave Soyuz MS-22.

Após a análise em andamento,[{” attribute=””>NASA and Roscosmos will continue to work together to determine the next course of action. The crew members aboard the space station are safe and were not in any danger during the leak.

The Soyuz MS-22 spacecraft transported NASA astronaut Frank Rubio and Roscosmos cosmonauts Sergey Prokopyev and Dmitri Petelin into space after launching on September 21 from the Baikonur Cosmodrome in Kazakhstan.





Fonte original deste artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here