23.3 C
Lisboa
Quarta-feira, Julho 6, 2022

AS GUERRAS CLONE — GeekTyrant

Must read



Uma das coisas que ajudam a Guerra das Estrelas franquia atemporal é a música que foi criada para ela. Eu amo a música de Guerra das Estrelas e nunca parecerá datado.

Compositor indicado ao Emmy Kevin Kiner trabalhou em marcar todas as sete temporadas de Guerra nas Estrelas a guerra dos Clones bem como a série animada mais recentemente lançada Guerra nas Estrelas: O Lote Ruim. O cara é ótimo no que faz e em entrevista recente ao /Filmeele revelou uma coisa interessante sobre algo George Lucas queria tentar com música em As Guerras Clônicas. Ele queria incluir o hip-hop em um ponto!

Lucas estava procurando agitar as coisas porque, de acordo com Kiner Jorge Lucas “odeia fazer algo que já foi feito antes.” Kiner continuou dizendo:

“Você pode ver que quando ele fez as prequelas, ele tentou esticar as coisas. Ele fez isso comigo musicalmente uma tonelada de vezes. Ele me jogava um CD como, ‘Aqui, meu filho está ouvindo isso, vamos colocar isso nesta batalha espacial Obi-Wan no início da primeira temporada de ‘Clone Wars’. O CD é todo música hip-hop, e eu ‘Eu não posso colocar hip-hop nisso.’ E então todo mundo, eles estão me dizendo: “Não, não faça isso.” Eles não estão dizendo isso na cara de George, mas todo mundo, os produtores, todo mundo diz que não.”

Ele passou a dizer:

“Eu tinha que descobrir o que ele era. Eu vi que ele queria experimentar. Na verdade, eu fiz uma versão dessa sugestão que era bem direta no hip-hop e não funcionou. E então outra versão que tinha alguns elementos eletrônicos e algumas das batidas, mas também tinha a orquestra lá e até tinha um pouco do som de John Williams. Mas é mais um tipo de coisa híbrida do que o som de John Williams.”

Kiner continuou falando sobre como foi compartilhar essa música com Lucas, dizendo:

“Então eu trouxe essas duas versões diferentes dessa cena. Eu dei para o editor. Eu trouxe isso para o Skywalker Ranch quando me encontrei com George e 12, 14 pessoas na sala. Todo mundo está me dizendo: ‘Não, não podemos fazer isso.’ Todo mundo se cala assim que George entra na sala. Cabe a mim ter que dizer isso a ele, certo? Eu sou o escolhido. E então, nós tocamos a coisa do hip-hop para ele e ele está balançando a cabeça e ele vai até mim depois que acabou, e ele diz, ‘Bem, o que você acha?’ Eu não tinha pensado nessas palavras, mas elas simplesmente vieram até mim. Eu sou como, cara, eu acho que faz ‘Star Wars’ como ‘Power Rangers’. Ele fica tipo, ‘Uau’”.

Que situação louca e estranha para ser colocada! Todo mundo sabe que essa é uma ideia estúpida, e cabe a esse cara dizer a George Lucas de jeito nenhum! Todos tinham medo de dizer não a Lucas quando ele compartilhava uma ideia que queria experimentar. Felizmente, Kiner teve a coragem de lhe dizer o que realmente pensava. Então o que aconteceu depois disso? Kiner continuou:

“E então eu disse, ‘Aqui, ouça isso, eu fiz essa outra versão que é um híbrido.’ Ele ouviu isso e disse: ‘Ah, tudo bem. Que legal.’ Então, o que você percebe de George é que ele gosta de experimentar, mas sabe quando recuar. Ele sabia quando não deveria ter um terço de Star Wars em japonês com legendas, embora essa fosse uma ideia que ele tinha, mas ele sabia como recuar. É o mesmo com a música, ele sabia quando não estava funcionando, mesmo tentando pensar fora da caixa e ser novo. Sim, às vezes você não pode. Às vezes, muito novo não é bom, mas é legal que ele goste de experimentar assim. Foi legal ser empurrado nessas direções diferentes também.

Bem, felizmente Lucas desistiu da ideia. As Guerras Clônicas é uma série muito melhor por causa disso.



Fonte deste Artigo

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Latest article