Comemorando as 5 melhores performances de filmes de Gene Wilder — GeekTyrant

0
20



Como um dos atores cômicos mais amados de todos os tempos, Gene Wilder era um mestre do humor seco e da divertida comédia física. De seus papéis icônicos em Willy Wonka e a Fábrica de Chocolate para Selas FlamejantesWilder trouxe uma energia insanamente incrível para cada personagem que interpretou.

Embora já tenham se passado vários anos desde a morte de Gene Wilder, seu corpo de trabalho continua a ser uma fonte de alegria, risadas e inspiração. Outra coisa que adorei em Wilder e suas performances, ele poderia transitar sem esforço entre o drama e a comédia. Suas atuações sempre foram únicas e inesquecíveis. Aqui está uma lista de algumas das melhores performances de Wilder!

jovem Frankenstein (1974) – jovem Frankenstein é amplamente considerada uma das maiores comédias já feitas, e não é surpresa por quê. Wilder não apenas escreveu o roteiro, mas sua atuação como personagem titular é nada menos que brilhante. Ele traz uma mistura perfeita de comédia e terror para o papel, criando um personagem inesquecível. No filme, ele interpreta um cientista sério que está determinado a provar que as teorias de reanimação de seu avô estão corretas! Seu senso de humor inexpressivo e timing cômico impecável tornam essa performance hilária e cativante.

Willy Wonka e a Fábrica de Chocolate (1971) – Quem poderia esquecer a virada estrela de Gene Wilder como Willy Wonka? Este é provavelmente o papel mais conhecido de Wilder. Como o excêntrico chocolatier que conduz cinco crianças em um passeio mágico e horrível por sua fábrica, Wilder dá vida a todas as cenas em que participa com sua hilária entrega impassível e entusiasmo contagiante. Ele trouxe um espírito infantil maravilhoso para o papel, que é o que eu mais amei no personagem. Uma performance verdadeiramente lendária!

Selas Flamejantes (1974) – Aqui está mais uma colaboração incrível entre Brooks e Wilder que resultou nesta hilária paródia de faroeste que segue o xerife Bart (Cleavon Little), um homem da lei negro encarregado de manter a paz em Rock Ridge – uma cidade fronteiriça atormentada pela corrupção política. Aqui, Wilder interpreta Jim, também conhecido como “The Waco Kid” – um pistoleiro que ajuda Bart quando toda a esperança parece perdida. A química entre esses dois atores era inegável; eles tinham um relacionamento óbvio que alimentou algumas das cenas mais engraçadas do filme! Esta é uma das performances mais engraçadas de Wilder!

Os produtores (1968) – Os produtores é outra comédia clássica de Mel Brooks que Wilder estrelou. Desta vez, ele interpreta Leo Bloom, um contador que se junta a Max Bialystock (Zero Mostel) para um esquema maluco para ganhar dinheiro na Broadway produzindo um musical fracassado. Sua atuação aqui é cheia de charme e carisma, e se encaixa perfeitamente nas travessuras malucas da história. Este é um dos primeiros papéis de Wilder, mas você já pode ver a sagacidade e o charme de marca registrada que viriam a definir sua carreira.

mexa loucamente (1980) – Este clássico cult estrelado por Wilder e Ricardo Pryor como dois amigos que são enviados injustamente para a prisão por um crime que não cometeram – e então devem descobrir como escapar. Desde suas desventuras atrás das grades até sua tentativa maluca de liberdade do lado de fora, este filme está repleto de momentos hilários do começo ao fim, em grande parte graças à grande atuação de Wilder como Skip Donahue, que forma metade de uma dupla cômica inesquecível!

Se você gosta de pastelão ou sagacidade afiada, há algo para todos na extensa filmografia de Gene Wilder. Sua mistura única de humor viverá para sempre através de suas performances inesquecíveis listadas acima – e vários outros projetos! Então, coloque seu filme favorito de Gene Wilder esta noite e reviva algumas comédias clássicas de ouro.



Fonte deste Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here