21.6 C
Lisboa
Quinta-feira, Julho 7, 2022

ELVIS de Baz Luhrmann é um filme lindamente feito com uma performance impressionante de Austin Butler — GeekTyrant

Must read



sou um grande fã de Elvis Presley. Fui criado com sua música incrível e sempre me perguntei quando veríamos um filme ser feito sobre sua vida. Quando o diretor Baz Luhrmann anunciou que estava desenvolvendo aquele filme, eu estava curioso para ver como ele contaria a história de Elvis, especialmente com seu estilo selvagem e enérgico de cinema. Então os trailers começaram a sair para Elvis e eles me deixaram super empolgado em assistir ao filme, e estou feliz em dizer que Luhrmann fez algo único e especial, e eu absolutamente amei o filme que ele fez.

A vida de Elvis é uma história fascinante e trágica, e Luhrmann contou essa história da maneira mais bonita. Eu amo a energia selvagem que ele trouxe para o filme e a vivacidade que ele trouxe, especialmente com todos os maravilhosos números musicais. É difícil imaginar como deve ter sido a vida de Elvis, mas agora que a vi pelos olhos de Baz Luhrmann, não sinto necessidade de ver de outra maneira.

O filme me fez sentir todos os tipos de sentimentos e, ao passar pelos últimos anos de sua vida, foi uma montanha-russa emocional. eu tenho que aplaudir Austin Butler, que deu vida a Elvis no filme. Ele era incrível! Ele fez um desempenho impressionante, um desempenho que deve lhe render algumas indicações ao prêmio de melhor atuação. Ele incorporou completamente Elvis! Tudo o que eu podia ver era Elvis quando ele estava na tela. Tenho a sensação de que ele vai impressionar muitos fãs.

A história de Elvis é contada através do prisma de sua complicada relação com seu enigmático empresário, o Coronel Tom Parker, interpretado por Tom Hanks. A história explora a complexa dinâmica entre Presley e Parker ao longo de 20 anos, desde a ascensão de Presley à fama até seu estrelato sem precedentes, tendo como pano de fundo a paisagem cultural em evolução e a perda da inocência na América. Muitas pessoas culpam o Coronel pela morte de Elvis, e sim, não há dúvida de que ele o levou a uma morte prematura. É uma loucura que Elvis tinha apenas 42 anos quando morreu.

Hanks também oferece uma performance assustadora no filme e, no final, você definitivamente não gosta de The Colonel. Hanks raramente interpreta o vilão nos filmes que faz, mas jogou o inferno neste. Não se engane, o Coronel Tom Parker foi o vilão desta história.

Tive a oportunidade de assistir ao filme em um cinema ScreenX, que é onde o visual do filme te cerca enquanto você assiste e foi uma experiência muito legal assistir a esse filme nesse tipo de cinema. A forma como o filme foi apresentado visualmente funcionou muito bem com esse formato de visualização! Não vejo muitos filmes no ScreenX, mas gostei de como este filme foi apresentado utilizando a tecnologia.

O filme também apresenta um maravilhoso elenco de apoio que inclui Olivia De Jonge como Priscila Presley; Helen Thomson (Topo do Lago: Garota Chinesa) como a mãe de Elvis, Gladys; Richard Roxburgh (Serra da Serra) como o pai de Elvis, Vernon; Luke Bracey (Serra da Serra) interpreta Jerry Schilling; Natasha Basset (Granizo caesar!) interpreta Dixie Locke; David Wenham (O senhor dos Anéis) interpreta Hank Snow; Kelvin Harrison Jr. (O julgamento do Chicago 7) joga BB King; Xavier Samuel (A Saga Crepúsculo: Eclipse) interpreta Scotty Moore; e Kodi Smit-McPhee (O poder do cão) interpreta Jimmie Rodgers Snow.

Outros membros do elenco incluem Dacre Montgomery (Coisas estranhas) como o diretor de TV Steve Binder, ao lado de atores australianos Leon Ford (Gallipoli) como Tom Diskin; Kate Mulvany (O Grande Gatsby) como Marion Keisker; Gareth Davies (caçadores) como Bones Howe; Charles Grounds (Asiáticos Ricos Loucos) como Billy Smith; Josh McConville (Ilha da Fantasia) como Sam Phillips; e Adam Dunn (Em casa e fora) como Bill Black.

Eu amei esse filme e estou ansioso para assisti-lo novamente. É um daqueles filmes que eu simplesmente não conseguia tirar da cabeça depois de assisti-lo, e também me inspirou a entrar e mergulhar fundo na história de Elvis. Uma das coisas que mais gostei no filme são todos os sentimentos e emoções que ele me fez sentir ao longo da história.



Fonte deste Artigo

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Latest article