JEANNETTE é a história verdadeira lindamente contada de um sobrevivente do tiroteio na boate Pulse — GeekTyrant

0
80



Tive a oportunidade de assistir ao documentário Jeannette após sua estreia no Festival Internacional de Cinema de São Francisco no último fim de semana. O filme foi feito por Maris Curran (Cinco noites no Maine, Enquanto eu ainda vivo), e contou a história de Jeannette Feliciano, uma sobrevivente do tiroteio na boate Pulse Orlando.

Jeannette é uma mãe solteira porto-riquenha que cuida de seu filho enquanto participa de musculação profissional e administra uma academia como personal trainer. Ao olhar para ela, você vê uma mulher deslumbrante que trabalhou muito duro para chegar onde está. Mas sua dor que está sob a superfície que você não vê enquanto ela motiva e empurra os outros para se tornarem grandes é o que está no coração deste filme.

Jeannette ainda está lidando com a dor e o trauma de ser uma sobrevivente de um ataque terrorista. No filme, ela também viaja para Porto Rico para ajudar alguns de sua família após o furacão Maria. Enquanto Jeannette viaja, mantém um relacionamento, trabalha para outro título de fisiculturismo, trabalha na academia e conecta as gerações em sua casa entre mãe e filho, você ocasionalmente vê sua ansiedade e emoções ligadas ao seu trauma borbulhar à superfície.

Este filme centra-se na vida de uma pessoa depois de ter passado por algo inimaginável. Jeannette nos mostra que podemos ser fortes, e essa força inclui nos permitir sentir nossas emoções à medida que elas se apresentam. Ela exemplifica graça e esperança para a vida após uma experiência de quase morte.

Jeannette tocará em festivais ao longo do ano, com anúncios oficiais sobre o lançamento a serem feitos em breve.



Fonte deste Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here