17.5 C
Lisboa
Terça-feira, Maio 17, 2022

Lista de vencedores do Film Independent Spirit Awards 2022

Must read


A 37ª edição anual do Film Independent Spirit Awards aconteceu no domingo, com a Netflix A Filha Perdida levando para casa o maior prêmio da noite.

A cerimônia foi apresentada pelos comediantes Nick Offerman e Megan Mullally em Santa Monica Beach, onde o evento celebrou o melhor filme independente e série de TV de 2021. Durante o espetáculo, a dupla anfitriã fez seus comentários sobre o conflito Ucrânia-Rússia.

Maggie Gyllenhaal A Filha Perdida levou o prêmio de Melhor Longa-Metragem, com a própria Gyllenhaal também levando os prêmios de Melhor Diretor e Melhor Roteiro. Esses prêmios representam apenas metade do total de vitórias da Netflix ao longo da noite, com a gigante do streaming levando para casa seis prêmios.

Outros grandes vencedores da noite incluem Zolaque recebeu Melhor Edição e Melhor Liderança Feminina, Passagemque levou para casa Melhor Fotografia e Melhor Coadjuvante, e Shiva bebê ganhou o Producers Award e o John Cassavetes Award, celebrando filmes feitos com orçamento inferior a US$ 500.000.

No reino da televisão, Lee Jung-Jae ganhou o prêmio de Melhor Performance Masculina em Nova Série com Roteiro por seu papel em Jogo de Lula. Enquanto isso, Cães de reserva trouxe para casa dois prêmios – Melhor Nova Série Scripted e Melhor Elenco em uma Nova Série Scripted.

Veja a lista completa de vencedores aqui abaixo.

MELHOR CARACTERÍSTICA

  • A Chiara
  • vamos vamos
  • A Filha Perdida
  • O Novato
  • Zola

MELHOR PRIMEIRA FUNÇÃO

  • 7 dias
  • Gritar
  • Rainha da Glória
  • Padrão de teste
  • índio selvagem

PRÊMIO JOÃO CASSAVETES

  • Cryptozoo
  • Jóquei
  • Shiva bebê
  • Coisa doce
  • Esta não é uma história de guerra

MELHOR DIRETOR

  • Janicza Bravo, Zola
  • Lauren Hadaway, O Novato
  • Maggie GyllenhaalA Filha Perdida
  • Mike Mills, vamos vamos
  • Ninja Thyberg, Prazer

MELHOR ROTEIRO

  • Janicza Bravo, Jeremy O. Harris, Zola
  • Maggie Gyllenhaal, A Filha Perdida
  • Mike Mills, vamos vamos
  • Nicole Beckwith, Juntos Juntos
  • Todd Stephens, Canção do cisne

MELHOR PRIMEIRO ROTEIRO

  • Fran Kranz, Massa
  • Lyle Mitchell Corbine, Jr., índio selvagem
  • Matt Fifer; História de Sheldon D. Brown, Cigarra
  • Michael Sarnoski; História de Vanessa Block, Michael Sarnoski, Porco
  • Shatara Michelle Ford, Padrão de teste

MELHOR CINEMATOGRAFIA

  • Ari Wegner, Zola
  • Ante Cheng, Matthew Chuang, Bayou azul
  • Edu Grau, Passagem
  • Lol Crawley, Os humanos
  • Tim Curtin, A Chiara

MELHOR EDIÇÃO

  • Afonso Gonçalves, A Chiara
  • Ali Greer, A Pousada Lugar Nenhum
  • Lauren Hadaway, Nathan Nugent, O Novato
  • Joi McMillon, Zola
  • Enrico Natal, A Morte de Kenneth Chamberlain

MELHOR LÍDER FEMININO

  • Brittany S. Hall, Padrão de teste
  • Isabelle Fuhrman, O Novato
  • Kali Reis, Pegue o justo
  • Pati Harrison, Juntos Juntos
  • Taylor Paige, Zola

MELHOR LEAD MASCULINO

  • Clifton Collins Jr., Jóquei
  • Frankie Faison, A Morte de Kenneth Chamberlain
  • Michael Greyeyes, índio selvagem
  • Udo Kier, Canção do cisne
  • Simon Rex, Foguete Vermelho

MELHOR FÊMEA DE APOIO

  • Amy Forsyth, O Novato
  • Jessie Buckley, A Filha Perdida
  • Ruth Nega, Passagem
  • Revika Reustle, Prazer
  • Susana Filho, Foguete Vermelho

MELHOR MACHO DE APOIO

  • Chaske Spencer, índio selvagem
  • Colman Domingo, Zola
  • Meeko Gattuso, Rainha da Glória
  • Troy Kotsur, CODA
  • Will Patton, Coisa doce

PRÊMIO ROBERT ALTMAN

MELHOR DOCUMENTÁRIO

  • Ascensão
  • Fugir
  • Na mesma respiração
  • Procissão
  • Summer of Soul (…ou, quando a revolução não pôde ser televisionada)

MELHOR FILME INTERNACIONAL

  • Compartimento Nº 6 (Finlândia/Rússia)
  • Dirija meu carro (Japão)
  • Mães Paralelas (Espanha)
  • Seixos (Índia)
  • Petite Maman (França)
  • Orações para os roubados (México)

PRÊMIO DE PRODUTORES

  • Brad Becker-Parton
  • Pin Chun Liu
  • Lizzie Shapiro

PRÊMIO ALGUÉM A VER

  • Alex Camilleri, Luzzu
  • Gillian Wallace Horvat, Eu culpo a sociedade
  • Miguel Sarnoski, Porco

PRÊMIO MAIS VERDADEIRO QUE FICÇÃO

  • Ângelo Madsen Minax, Norte por corrente
  • Debbie Lum, Tente mais!
  • Jéssica Beshir, Faya Dayi

MELHOR NOVA SÉRIE NÃO ESCRITURA OU DOCUMENTÁRIA (Prêmio concedido ao Criador, Produtor Executivo, Coprodutor Executivo)

  • Preto e desaparecido
  • O Show de Cho
  • A Dama e o Vale
  • Família nuclear
  • Filadélfia DA

MELHOR NOVA SÉRIE SCRIPTED

  • Ponto cego
  • É pecado
  • Cães de reserva
  • A Ferrovia Subterrânea
  • Nós somos peças femininas

MELHOR DESEMPENHO FEMININO EM UMA NOVA SÉRIE SCRIPTED

  • Anjana Vasan, Nós somos peças femininas
  • Débora Ayorinde, ELES: Aliança
  • Jana Schmieding, Rutherford Falls
  • Jasmim Cephas Jones, Ponto cego
  • Assimo Mbedu, A Ferrovia Subterrânea

MELHOR DESEMPENHO MASCULINO EM UMA NOVA SÉRIE SCRIPTED

  • Ashley Thomas, ELES: Aliança
  • Lee Jung Jae, Jogo de Lula
  • Michael Greyeyes, Rutherford Falls
  • Murray Barlett, O Lótus Branco
  • Oli Alexandre, É pecado

MELHOR ELENCO DE UMA NOVA SÉRIE SCRIPTED





Fonte deste Artigo

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Latest article