21.3 C
Lisboa
Quarta-feira, Agosto 17, 2022

Activision Blizzard e Epic se juntam à lista de editoras que interrompem vendas na Rússia

Must read



Em resposta à invasão da Ucrânia pela Rússia, o presidente e COO da Activision Blizzard, Daniel Alegre, anunciou que a empresa “vai suspender novas vendas de e em nossos jogos na Rússia enquanto esse conflito continuar”. Em um mensagem dirigida à sua equipaAlegre escreveu: “A empresa está equiparando as doações de funcionários 2:1 para organizações que prestam socorro imediato na região. Juntos, arrecadamos mais de US$ 300.000 neste esforço. Na próxima semana, planejamos adicionar outras instituições de caridade para serem consideradas e também o limite de correspondência da empresa de US$ 1.000 a US$ 10.000.”

Ele também destacou “as tremendas contribuições de nossos colegas na Polônia, onde as pessoas ofereceram seu tempo para ajudar os refugiados ucranianos e outros necessitados”. Por Agência da ONU para Refugiadosa Polônia aceitou mais de 280.000 refugiados da Ucrânia.

A Epic Games também anunciou, através do Redação da Epic Games no Twitter, que está “interrompendo o comércio com a Rússia em nossos jogos em resposta à invasão da Ucrânia”. Continua confirmando que, embora as vendas terminem, os russos ainda poderão jogar seus jogos. “Não estamos bloqueando o acesso pelo mesmo motivo que outras ferramentas de comunicação permanecem online: o mundo livre deve manter todas as linhas de diálogo abertas.”

Epic e Activision Blizzard juntam-se a empresas, incluindo Microsoft, Artes eletrônicase Projeto de CD na suspensão das vendas para a Rússia. A Rússia é um mercado mundial significativo para videogames, número oito globalmente, com uma receita estimada de US$ 2,7 bilhões em 2021, de acordo com Estatistaque também estima que 53% dos russos jogam regularmente no PC.

O vice-primeiro-ministro e ministro da transformação digital da Ucrânia, Mykhailo Fedorov, tem feito campanha ativamente por sanções à indústria de tecnologia, escrevendo um carta aberta dirigiu “a todas as empresas de desenvolvimento de jogos e plataformas de esports” pedindo que sancionem a Rússia, dizendo: “em 2022, a tecnologia moderna é talvez a melhor resposta para os tanques, lançadores de foguetes múltiplos (hrad) e mísseis”.

Ver mais





Fonte deste Artigo

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Latest article