Activision Blizzard está sendo processada pela cidade de Nova York pelo acordo de compra da Microsoft

0
267



A Activision Blizzard está sendo processada pelo New York City Employees’ Retirement System (NYCERS) e fundos de pensão pela venda iminente da empresa para a Microsoft.

De acordo com um Axios relatório, o processo foi aberto na semana passada sobre o que a organização considera ser um trabalho urgente da Activision Blizzard para superar seus atuais problemas legais. O NYCERS, que possui ações da empresa, afirma na ação que o negócio prejudicou o valor da empresa.

A organização afirma que a oferta de US$ 95/ação da Microsoft subvaloriza a empresa, já que as ações da Activision Blizzard estavam sendo negociadas perto disso antes que as notícias de assédio e discriminação desenfreados no local de trabalho fossem trazidas à tona.

O processo exige que a empresa entregue vários documentos relativos à aquisição proposta, bem como documentos relacionados a cinco outros possíveis compradores que a Activision Blizzard alegou ter recebido em um arquivo da SEC sobre a compra da Microsoft.

Além disso, Nova York quer examinar os documentos para processar o CEO da empresa, Bobby Kotick, e membros do conselho especificamente por tentarem apressar o acordo com a Microsoft.

“Dada a responsabilidade pessoal de Kotick pelo local de trabalho quebrado da Activision, deveria ter ficado claro para o Conselho que ele não estava apto a negociar a venda da empresa”, afirma o processo.[The deal allows] Kotick e seus colegas diretores um meio de escapar da responsabilidade por suas violações flagrantes do dever fiduciário”.

Quando contactado para comentar, um representante da Activision disse GI.biz a empresa concordou “com as alegações feitas nesta denúncia” e que esperava apresentar seus argumentos ao Tribunal.

A Activision Blizzard também está sendo confrontado com um processo arquivado por um funcionário atual que afirma ter enfrentado discriminação e sofrido assédio sexual na empresa. O funcionário também afirma no processo que foi retaliado por se manifestar.

Há também o persistente problema com o Departamento de Emprego Justo e Habitação da Califórnia, e uma ação movida por familiares de um funcionário falecido e investidores. A empresa também está sendo investigado pela SEC sobre a resposta da empresa às questões do local de trabalho.





Fonte deste Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here