17.5 C
Lisboa
Segunda-feira, Julho 4, 2022

Mercado NFT interrompe transações devido a falsificação ‘desenfreada’

Must read



Cent é um mercado de NFT americano mais conhecido por sediar o leilão de um NFT do primeiro tweet do ex-CEO do Twitter Jack Dorsey – um dos primeiros NFTs a ser vendido por mais de um milhão de dólares em criptomoeda. Cent agora teve que interromper a maioria das transações que ocorrem lá, com seu CEO Cameron Hejazi dizendo Reuters que os usuários que tentavam vender ativos digitais falsificados eram “desenfreados”.

“Isso continuou acontecendo”, disse Hejazi. “Nós baníamos contas ofensivas, mas era como se estivéssemos jogando um jogo de bater na toupeira… Toda vez que baníamos uma, outra surgia, ou mais três surgiam.”

Os usuários do Cent estavam vendendo NFTs com base em imagens das quais não possuíam direitos e até mesmo vendendo cópias de outras NFTs, bem como vendendo NFTs que foram feitas para se assemelhar a outros ativos negociáveis.

Embora o Cent tenha 150.000 usuários, o mesmo problema foi observado em mercados NFT maiores, como o OpenSea, que atualmente é o maior mercado NFT do mundo. A OpenSea recentemente colocou em prática um limite de 50 itens em sua ferramenta para cunhagem gratuita de NFTs, pois, conforme explicado em Twitter, “Mais de 80% dos itens criados com esta ferramenta eram trabalhos plagiados, coleções falsas e spam.” A OpenSea removeu o limite novamente após reclamações de usuários.

Como disse Hejazi, resumindo o estado atual das NFTs, “percebemos que muito disso é apenas dinheiro atrás de dinheiro”. Ou na frase mais cativante do mercado de jogos indie itch.io: NFTs são uma farsa.





Fonte deste Artigo

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Latest article