18.1 C
Lisboa
Sexta-feira, Julho 1, 2022

Dicas sobre como regar plantas dália para melhor crescimento

Must read


Com mais de 57.000 cultivares e 42 espécies reconhecidas, aparentemente não há fim para as variações potenciais nas dálias.

regando dália

No entanto, todos eles compartilham essencialmente os mesmos requisitos de cuidados, tornando igualmente fácil cuidar de uma dália pompon ou dália única.

Talvez o aspecto de cuidado mais importante seja a rega adequada, pois a maioria dos problemas que sua dália enfrentará se deve a maus hábitos de irrigação.

Rega de dálias: como regar plantas de dálias

O método de imersão e secagem é de longe a maneira mais fácil de garantir que as dálias recebam a quantidade certa de umidade.

Saber identificar quando sua planta pode estar recebendo muito ou pouco é uma parte vital para garantir uma planta dália saudável e robusta.

Os riscos do excesso de água

Muita água é quase sempre o culpado de sua dália adoecer.

As folhas podem ficar moles e encharcadas ao toque, ou podem se formar bolhas.

A podridão da raiz e a podridão do caule podem se instalar, as quais podem ser mortais por conta própria.

Muitas pragas, como pulgões, mosquitos de fungo e tripes, são atraídos pelo excesso de umidade e podem trazer infecções fúngicas ou doenças mortais, como vírus do mosaico e murcha de verticillium.

Seja crescendo em uma panela ou no solo, muitas vezes você pode dizer que sua dália está recebendo muita água se o solo estiver molhado ou encharcado.

Os riscos de subaquática

No outro extremo do espectro, pouca água também pode ter consequências.

As folhas podem ficar amarelas e parecer secas ou até mesmo crocantes ao toque.

As flores podem não abrir e a planta pode sofrer um crescimento atrofiado ou murchar.

Pior de tudo, sua planta usa 97 a 99% ou mais de sua água para um processo chamado transpiração, que é semelhante à transpiração.

Quando a planta não recebe água suficiente, ela não pode transpirar adequadamente e pode murchar mais rapidamente se a umidade for baixa.

Quando você vir esses sintomas, certifique-se de verificar o solo.

Se estiver seco, mesmo quando você enfia o dedo, a planta provavelmente está desidratada.

Garantindo uma boa drenagem

Antes mesmo de plantar sua dália, é uma boa ideia garantir que o solo seja bem drenado.

Os solos argilosos muitas vezes podem não apenas ter uma drenagem ruim, mas também faltar acidez.

Você vai querer trabalhar em algum composto orgânico para ajudar a combater ambos os problemas.

Além disso, você deve adicionar um agregado como perlita ou areia grossa para evitar a compactação do solo.

Outro bom truque é adicionar uma camada de substrato de cascalho a um recipiente ou local de jardim escavado antes de plantar o tubérculo.

Essa camada serve como uma zona de amortecimento caso a água não esteja drenando adequadamente.

O método de imersão e secagem

Esta é talvez a melhor técnica de rega que existe e faz maravilhas para plantas como as dálias.

Como regra geral, uma dália ao ar livre precisará de 1 polegada de chuva por semana.

No entanto, as condições ambientais, como temperaturas mais altas ou mais baixas e quantidade de luz solar, podem afetar a rapidez com que o solo da sua dália seca.

Para usar o método de imersão e secagem, sinta o solo sob a planta.

Se o solo estiver úmido, mas não molhado, a planta tem água suficiente.

Se estiver encharcado ou molhado, o solo precisa de tempo para secar.

Mas se o solo estiver seco ao toque (ou 1 polegada para baixo para vasos de plantas), é hora de regar.

Chegando o mais próximo possível da base da planta, despeje a água em temperatura ambiente lenta e uniformemente.

Isso dá ao sil tempo para absorver a água.

Os vasos de plantas ficarão saturados quando a umidade começar a vazar dos orifícios de drenagem, enquanto a rega do solo deve parar quando o solo começar a absorver mais lentamente do que você está regando.

Dicas Adicionais de Rega

Tente evitar a água nas folhas e flores, pois isso pode levar a infecções fúngicas (embora a chuva natural seja boa).

No caso de você precisar regar de cima, faça isso no início da manhã para que a planta tenha tempo de secar ao ar antes que fique muito quente ou ensolarado.

Apare os ramos mais baixos da planta para estimular o fluxo de ar para ajudar a prevenir infecções fúngicas.

Em caso de seca, proteja o solo ao redor da dália de secar com um pouco de cobertura morta.

Os tubérculos não precisam ser regados quando são plantados pela primeira vez.

Da mesma forma, você deve reduzir a rega no outono e no inverno, pois as dálias preferem que fiquem dormentes.

Aspersores e outras formas de irrigação artificial economizam tempo, mas são ineficientes quando se trata de regar uniformemente, por isso é melhor regar à mão sempre que possível.



Fonte deste Artigo

- Advertisement -spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img

Latest article