O que é um fertilizante Bulb Booster?

0
19


As plantas evoluíram e se adaptaram para sobreviver em condições muitas vezes muito específicas. Essas condições raramente encontram correspondência em seu jardim, fazendo com que as plantas não sejam as melhores.

Por exemplo, as árvores ornamentais geralmente crescem apenas uma fração de sua altura e algumas plantas não têm uma extensão tão grande.

Fertilizante impulsionador de bulbo

Mas os amantes de plantas encontraram maneiras de ajudar a criar uma correspondência mais próxima dessas condições, e aprendemos muito ao longo dos anos sobre biologia vegetal que torna isso mais fácil.

A nutrição é uma das maiores considerações que começamos a entender melhor.

Isso levou a uma variedade cada vez maior de fertilizantes, incluindo muitas opções orgânicas diferentes, algumas das quais você pode fazer em casa.

Mas algumas opções de fertilizantes especiais fornecem nutrientes muito específicos para as plantas. Um deles é um fertilizante menos conhecido chamado de intensificador de bulbo.

O que é um fertilizante Bulb Booster?

Os fertilizantes de reforço de bulbo são fertilizantes ricos em fosfato (geralmente 0-40-0 NPK) usados ​​para aumentar seus bulbos (daí o nome).

Claro, há algum debate sobre se os boosters valem a pena, então vamos começar com os argumentos e depois discutir o uso adequado.

Os benefícios da fórmula Bulb Booster

O fósforo não é apenas crucial para a saúde geral de uma planta, mas também desempenha um papel fundamental na floração.

Mas há uma boa razão para iniciar as plantas com um reforço de fósforo, pois esse nutriente vital faz o seguinte:

  • Fortalece o sistema imunológico da planta
  • Melhora a força do caule ou caule
  • Aumenta o tamanho e a saúde das flores e sementes
  • Acelera o desenvolvimento da cultura enquanto melhora a qualidade
  • Estimula o desenvolvimento de um sistema radicular saudável

Além disso, como o fósforo não é absorvido tão facilmente no solo, misturar o fertilizante de reforço de bulbo no solo antes de plantar os bulbos pode facilitar a absorção.

Aqueles que defendem os reforços de bulbos afirmam que obtêm plantas muito mais fortes e saudáveis ​​​​usando seu regime regular de fertilizantes.

As desvantagens de usar amplificadores de bulbo

É difícil dizer se há mais pessoas contra os boosters por razões científicas ou pessoais. No entanto, é seguro dizer que ambos os grupos têm alguns bons argumentos.

Cientificamente falando, a superfertilização é um problema muito real que pode levar a problemas de saúde no futuro.

Fósforo em excesso irá, na verdade, liberar potássio do solo, criando uma deficiência.

Além disso, um excesso de fósforo pode criar deficiências em dois importantes micronutrientes – ferro e zinco.

No entanto, diluir um intensificador de bulbo para melhor atender às necessidades de uma planta individual geralmente aliviará esse problema.

Também é importante lembrar que o uso frequente de um intensificador de bulbo pode causar acúmulo de fósforo, pois o nutriente não é lixiviado adequadamente.

Mas e os argumentos pessoais?

Muito disso se resume ao argumento custo x benefício.

Os reforços de bulbo podem ser bastante caros, enquanto a farinha de osso é barata e pode até ser feita em casa.

A farinha de ossos também fornece cálcio além do fósforo, embora seja mais difícil dar uma dosagem adequada, pois a farinha de ossos é orgânica e, portanto, o conteúdo nutricional pode variar.

Outros argumentos envolvem se os boosters de lâmpadas são mesmo necessários.

Algumas misturas de vasos já contêm fósforo, e o composto pode fornecer o suficiente para suas plantas, tornando discutível a necessidade de uma fertilização específica para fósforo.

Como usar um fertilizante Bulb Booster?

Então, digamos que você queira usar um intensificador de bulbo para suas plantas.

A primeira coisa que você deve sempre fazer é testar o solo para ver se há deficiência de fósforo.

Você vai querer diluir o reforço com base nos resultados do teste e nas necessidades nutricionais da planta-alvo.

Misture o reforço diluído no solo do seu jardim no outono, especialmente se você estiver prestes a plantar uma flor de primavera.

Isso garante que o fósforo seja bem distribuído e dá às suas plantas uma vantagem no crescimento saudável das raízes.

Quando a primavera chegar, você pode borrifar um pouco mais sobre o solo quando a planta estiver prestes a começar a brotar.

O fósforo levará muito tempo para penetrar no solo, mas acredita-se que colocá-lo na superfície também ajudará a deter algumas pragas (embora isso ainda não tenha sido comprovado cientificamente).

Outro benefício de colocá-lo no topo neste momento é que ele agirá quase como uma liberação lenta, absorvendo um pouco de cada vez no solo.

Ao usar um fertilizante solúvel em líquido, os resultados tendem a ser auto-aparentes, com melhores florações e crescimento mais robusto.



Fonte deste Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here