Que semana! Fixação do solo e vacas leiteiras

0
84


Visitei minha amiga Elizabeth esta semana e filmei outro vídeo em seu jardim:

Ela me escreveu depois para dizer que o vídeo parecia bom, mas não era um verde rico e vibrante como o meu vídeo anterior na casa dela.

Eu disse a ela que era por causa da lente soviética vintage que eu estava usando, além da gradação de cores cinematográfica. Eu gosto que os vídeos pareçam gravações analógicas de alta qualidade dos anos 70. É o meu olhar!

eu deliberadamente corro Minha câmera com suas configurações internas definidas para saturação e contraste mínimos, então eu trago os níveis para onde eu gosto na edição.

Mas – deixando de lado as estranhas pretensões artísticas – este novo vídeo mostra como ela transformou uma terra terrível em um solo adorável e um jardim produtivo adicionando muita matéria orgânica e vida microbiana.

Em outras notícias, não postei muito esta semana porque estávamos ocupados com uma nova vaca bebê e montando um galpão de ordenha.

Essa é uma foto da primeira ordenha de Brandy. Ela ainda tem seu bezerro com ela, mas ela ainda produziu quase um galão para nós.

Eu fiz o galpão de ordenha com telhados de sucata, madeira de paletes e árvores de pipoca que eu cortei com meu facão. É notavelmente estável.

Aqui você pode ver o “portão principal” que construímos para manter as vacas um pouco quietas enquanto são ordenhadas.

Há uma manjedoura na frente que mantém a vaca ocupada:

Ela é uma vaca fácil de trabalhar e desce o leite imediatamente. Sua vontade de ser ordenhada era impressionante – ela foi direto para o galpão e mastigou os grãos com satisfação durante quase todo o processo.

Ela conseguiu chutar Rachel na perna e salpicá-la com estrume no final, no entanto.

Eu preciso fazer um banquinho de ordenha em seguida. Talvez no início da próxima semana. Ainda estamos tentando descobrir como vamos separar o bezerro durante parte do dia para garantir um melhor suprimento de leite.

Foi uma semana ocupada, mas uma boa semana. Tenha um fim de semana maravilhoso – eu te pego novamente na segunda-feira.

* * *

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

Portanto, não temeremos, ainda que a terra seja removida, e ainda que os montes sejam levados para o meio do mar;

Ainda que as suas águas rujam e se perturbem, ainda que os montes estremeçam com o seu inchaço. Selá.

Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o lugar santo do tabernáculo do Altíssimo.

Deus está no meio dela; ela não será abalada: Deus a ajudará, e isso logo cedo.

As nações se enfureceram, os reinos foram movidos: ele emitiu sua voz, a terra derreteu.

O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Selá.

Vinde, eis as obras do Senhor, que desolações fez na terra.

Ele faz cessar as guerras até os confins da terra; ele quebra o arco e corta a lança em dois; ele queima a carruagem no fogo.

Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus: serei exaltado entre as nações, serei exaltado na terra.

O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Selá.

-Salmo 6



Fonte deste Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here