Principais maneiras de proteger seus direitos como inquilino

0
272


Como inquilino, é importante conhecer os seus direitos e proteger-se do abuso do senhorio. Muitos proprietários tentarão tirar proveito de seus inquilinos, especialmente se não estiverem familiarizados com a lei. Ao seguir estas dicas simples, você pode se proteger contra tratamento antiético e garantir uma experiência de aluguel positiva. Então, se você está pensando em alugar um apartamento ou uma casa, não deixe de seguir essas dicas.

Tenha um Contrato de Locação Escrito

A primeira e mais importante maneira de proteger seus direitos como inquilino é ter um contrato de locação por escrito. Este documento deve descrever os termos de sua locação, incluindo a duração da locação, o valor do aluguel e quaisquer outras regras ou regulamentos que se apliquem à sua unidade de locação. Ao ter um acordo por escrito, você e seu senhorio ficarão claros sobre seus respectivos direitos e responsabilidades. Se houver alguma disputa mais tarde, você pode consultar o contrato de locação para ver quem é responsável pelo quê.

Obter seguro de locatários

Outra maneira de se proteger como inquilino é obter um seguro de locatários. Este tipo de seguro cobrirá seus pertences pessoais caso sejam danificados ou roubados. Ele também fornecerá cobertura de responsabilidade no caso de alguém se ferir enquanto estiver em sua propriedade. O seguro de locatário é relativamente barato e pode lhe dar tranquilidade sabendo que seus bens estão protegidos. Você pode encontrar seguro de locatários online cotações de várias seguradoras para ver quanta cobertura você precisa e quanto custará. Além disso, alguns proprietários exigem que seus inquilinos tenham seguro de locatários.

Esteja atento à sua privacidade

Como inquilino, você tem direito à privacidade. Isto significa que o seu senhorio não pode entrar na sua unidade de aluguer sem a sua permissão, a menos que haja uma emergência. Se o seu senhorio precisar entrar em sua unidade, ele deve avisá-lo com antecedência e agendar um horário que seja conveniente para você. Além disso, o seu senhorio não pode ler o seu correio nem ouvir as suas chamadas telefónicas. Se você sentir que sua privacidade está sendo violada, entre em contato com o departamento de polícia local. Eles poderão ajudá-lo a apresentar uma queixa contra o seu senhorio.

Insista em reparos

Se a sua unidade alugada precisar de reparos, é responsabilidade do locador fazer esses reparos em tempo hábil. Se o seu senhorio não fizer os reparos necessários, você pode entrar em contato com o inspetor local de construção ou com o escritório de aplicação do código de habitação. Eles poderão ajudá-lo a apresentar uma queixa contra o seu senhorio. Em alguns casos, você pode reter o aluguel até que os reparos sejam feitos. No entanto, você só deve fazer isso como último recurso e após consultar um advogado.

Pergunte sobre seu depósito de segurança

Quando você se muda para uma unidade de aluguel, seu locador geralmente exige um depósito de segurança. Este depósito é usado para cobrir quaisquer danos que você possa causar à unidade durante a sua locação. Quando você se mudar, seu senhorio deve devolver o depósito para você, menos quaisquer danos incorridos. Se o seu senhorio tentar manter seu depósito de segurança, você pode entrar em contato com o escritório local de proteção ao consumidor. Eles poderão ajudá-lo a apresentar uma queixa contra o seu senhorio.

Direitos dos inquilinos

Seja responsável pelo seu aluguel

Como inquilino, você é responsável por pagar seu aluguel em dia. Se não pagar a renda, o senhorio pode despejá-lo. Além disso, se você estiver atrasado com o aluguel, o locador poderá cobrar uma taxa de atraso. Para evitar esses problemas, certifique-se de pagar seu aluguel em dia e manter um registro de seus pagamentos. Isso ajudará você a provar que pagou seu aluguel se houver alguma disputa.

Seguindo essas dicas, você pode proteger seus direitos como inquilino e evitar problemas com seu senhorio. Lembre-se, conhecimento é poder. Quanto mais você souber sobre seus direitos, mais bem equipado estará para protegê-los. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação, entre em contato com um advogado experiente que pode ajudá-lo a navegar no processo legal.



Fonte deste Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here